Eu Sou Hipócrita e quem não É ?

Publicado em SimplesmentePoeta.com.br
 
Eu Sou Hipócrita e quem não É ?


Duvidem, duvidem dos inteligentes; duvidem, dos alunos nota 10 e que nunca repetiram de ano, duvidem dos falsos – verdadeiros socialmente apresentados e aclamados pelos homens.

Duvidem, dos pseudo - guardiões das leis do planeta terra, se estes não tiverem lapidação – consciência interior! Duvidem, pois, pois, pois, as leis aqui, são deles, mas a justiça é de DEUS!

Duvidem dessas leis que tornam e nos empurram garganta abaixo o que é visivelmente imoral e dizem eles: mas é legal. Duvidem e peçam para colocar em todo gabinete de toda e qualquer autoridade, uma câmera filmadora e sonora, ainda que seja eu, uma dessas “autoridades”.

Só assim, talvez até, é ( do verbo ser) que vamos atacar e corrigir pedagogicamente o mal pela raiz; pois, pois, pois; nas ruas, nas esquinas, só vamos detectar e prender; tirando-os dos seios dos seus pais e ou dos seus filhos, quase tão somente os indefesos, doentes e portanto por isso inocentes.

Que ainda não aprenderam, por não conseguirem ainda, jogar este jogo de cartas altamente marcadas, que é o jogo da vida, que tem sido ao longo de todo o processo histórico social, desumano, desigual, covarde e criminoso, ainda que realmente possa existir exceção.

Só, só as câmeras colocadas nessas posições – sugestões é que vão dizer, o que já está mais que dito e não feito – corrigido.

Reflitam pois, Reflitam agora: todo réu já foi vítima muito antes, e não corrigido – tratado com dignidade e respeito em tempo hábil; face a (nossa) ignorância, hipocrisia do olhar alheio, que vive por demais centrado no seu próprio umbigo e quando dele (do umbigo) nos afastamos, vamos em direção do nosso próprio quintal e realizamos um belo jardim, e achamos que estamos a realizar uma grande obra; esquecendo-nos que o nosso jardim, nada mais é que o nosso próprio umbigo ampliado.

Haja plasil, e muito bom senso para contrabalançar – estou aberto para o debate didático pedagógico, obviamente com diversas câmeras a registrar o debate...!!!


Silêncio se faz..., eco. Se procura..., e eu, simplesmente poeta – o poeta do SER!
 
<<voltar