Desabafo de réus inocentes!

Publicado em SimplesmentePoeta.com.br
 
Desabafo de réus inocentes!


Hoje eu vi uma lagoa, que se chama Conceição, eu me vi todo espelhado tendo ela ao meu lado, dizendo: por que tanta, por que tanta judiação?

E eu, que fico tão faceira, quando alguém vem se banhar, por favor, eu grito alto, parem, parem de me prejudicar, sob pena de um dia qualquer eu deixar de existir.

Muitas vezes choro muito, tentando desesperadamente me comunicar, minha maior felicidade e ver as águas novamente, pura e cristalina e a vida continuar. Vendo os peixes sorridentes, as sereias se banhar!

Existe todo um conjunto, que vocês chamam eco sistema e até a lua e as próprias bruxas, já não são mais as mesmas, olham tudo com tristeza, vem comigo conversar; ei, ei, ei, Lagoa, Lagoa, Conceição, Conceição; como podemos ajudar?

Pra mostrar pra toda gente, que hoje também choramos tanto junto a ti, com lágrimas secas no olhar, implorando a esse povo, que se diz elite, vez pra sempre se acordar!

Nesse mundo todos falam, existe toda uma linguagem; é só saber interpretar. A linguagem articulada dos sons é uma delas, mas, não é, não foi e nunca será nem a única e nem a principal; é urgente se alfabetizar!

Por favor, eu já existo muito antes de vocês existirem e nessa vida, vim para a vida perpetuar.

Lagoa, Lagoa – Conceição, vamos em bloco natural em favor de todos operar. Olhe a Ponte Hercílio Luz ..., nós também como tu, andamos – passamos, muito por lá, e ela, que vive diuturnamente sangrando, muito embora dizem eles, que agora vão lhe recuperar.

São tantas reuniões, tanta poeira levantada, tanta gente a me usar e ainda hoje infelizmente, não conseguiram me tratar.

E dizem elas: olhem Jurerê, que ficou tão legal; façam assim no meu quintal, que minha casa vai sorrir em agradecimentos verdadeiros e permanentes e vai pra sempre divulgar – anunciar, que a consciência dessa gente, que se dizem elite, está começando a acordar e que a casa da manezada, será pra sempre linda, progressista, sustentável, respeitada e com dignidade preservada.

Convivendo eles com o sucesso, que não sejam só carrasco, mas que sejam fruta - cor e que venham com dosagem muito forte de AMOR!

Será, será, que sou eu, somos nós que estamos doentes ou são eles que precisam urgentemente se internar?
 
<<voltar