Gratidão a Jurerê!

Publicado em SimplesmentePoeta.com.br
 
Se bom filho casa torna, com sorriso radiante no olhar, retornei, após tantos anos afastados, de sucesso absoluto, mas de ti sempre lembrei!
Em sinal de gratidão, relembrar da minha infância, onde os primeiros passos até ao três anos eu dei, foram tão abençoados, que rompi divisas sim, conquistando multidões, conquistando corações.
Hoje, meu nono aniversário com olhar imaginário, característica principal de um visionário, volto pro teu colo agradecer e pedir a benção novamente, pra continuar o sucesso para sempre, animando e conquistando multidões.
Feito filho pródigo do avesso, vim buscar mais adereço, vim renovar meu talismã, para que a sorte com competência continue e que o feijão da manezada, siga firme nessa estrada, de unir por vocação.
Em quintal a beira mar, gente jovem muito bonita, velhos/moços a reluzirem, num arco-íris de saudade, bem pertinho, bem juntinhos, coladinhos a ti!

 
<<voltar